domingo, 26 de março de 2017

MULHER PRENDE HOMEM ACUSADO DE FURTO DENTRO DE CASA E CHAMA A POLÍCA

Por Clóvis Gonçalves
Uma mulher que não teve o seu nome divulgado pela polícia, ela com extrema coragem e atitude, residente na Avenida Elísio Santana centro da cidade de Irará, prendeu em um dos cômodos da casa um homem identificado por Juliano de Jesus Mota, 21 anos de idade disse aos policiais militares da guarnição da 97ª Companhia Independente sediada no mesmo município acima citado que reside na Rua Jardim Botânico no bairro de Ondina em salvador ele é acusado de vir praticando vários furtos na residência da brava mulher. O homem foi preso em flagrante pelo PMs e conduzido para a Central de Flagrante em Alagoinhas onde foi apresentado.

De acordo com os relatos da corajosa mulher para os policiais militares ele já vinha cometendo vários roubos entrando sempre pelo telhado da residência, entre os itens que havia sido roubado por ele há dois meses estava um par de tênis, um par de fone e um aparelho celular que foi recuperado pelos policias. Na Delegacia em Alagoinhas  o flagrante foi lavrado pela delegada a Drª Rita de Cássia, a ocorrência teve o protocolo de número 20172029. Juliano esta na carceragem da central de flagrante a disposição da justiça.

JOVEM SOFRE TENTATIVA DE HOMICÍDIO NO BAIRRO DA CIDADE NOVA EM IRARÁ

Por Clóvis Gonçalves
Na noite do último sábado, 25 de março por volta das 22h45min no bairro da Cidade Nova no perímetro urbano do município de Irará há 138 quilômetros de Salvador e integrada na micro região de Feira de Santana na Bahia. 

Neste mesmo bairro ocorreu uma tentativa de homicídio tendo como vitima o jovem Wesley Brito da Silva, 18 anos de idade foi atingido na altura do braço direito, de acordo com informações de populares uma unidade do SAMU foi chamada para o local recolhendo a vitima e encaminhado para a emergência do Hospital Dr. Deraldo  Portela Miranda onde recebeu atendimento da equipe de plantão depois de avaliar o quadro clinico da vitima que não comprometia a sua sobre vivencia manteve na unidade de saúde em observação aguardando a regulação que foi realizada por volta das 10h40min para hospital em Salvador.

A ambulância do SAMU foi escoltada por uma guarnição  da 97ª Companhia Independente da Polícia Militar da Bahia para preservar a vida da vitima e da equipe de socorristas do SAMU. Ainda de acordo com informações para a reportagem do blog Clóvis Gonçalves de Irará uma guarnição formada por policiais da 97ª CIPM-Irará permaneceu durante toda noite na unidade de saúde para evitar que Wesley fosse assassinado. De acordo com relatos dos policiais Wesley não declarou as circunstancias tampouco  quem desejava vê-lo morto. A delegacia territorial de Irará por meio do SI investigará esta  tentativa de homicídio. 

IRARÁ-BA: PAI DE SANTO FOI ENCONTRADO MORTO COM TRÊS TIROS EM TERREIRO DE CANDOMBLÉ

Por Clóvis Gonçalves
Na noite deste último sábado, 25 de março por volta das 22h30min, a zona rural de Irará foi palco da violência contra a pessoa humana. Na Fazenda Juazeiro na localidade conhecida por Leão  foi encontrado por populares o corpo do sexo masculino, que segunda ainda a população era o pai de santo Adailson de Oliveira Santos conhecido pelo apelido de Badega 47 anos. A vítima estava na posição de decúbito dorsal (barriga para baixo) e apresentava três perfurações produzidas por arma de, um revolver calibre 38 próximo de um barracão.

Após ser periciado no local por uma equipe de peritos do Departamento de Polícia Técnica do município de Feira de Santana juntamento com policiais civis da Delegacia Territorial de Irará o corpo foi encaminhado para ser submetido a exames de necrosia. Destacando que as informações inicias sobre o fato foi comunicado aos policiais da 97ª Companhia Independente da Polícia Militar da Bahia sediada em Irará por meio da Central de Operações Policial da referida unidade militar que também informou aos policiais civis por um popular.

De acordo com os relatos da policia para a reportagem do Blog Clóvis Gonçalves de Irará o crime aconteceu em um terreno onde funciona um terreiro de candomblé pertencente a vitima que atuava como pai de santo e foi encontrado. Até o fechamento desta reportagem não havia informações que algum suspeito havia sido preso, mesmo policiais militares realizando várias ronda na região, as investigações por parte da policia civil deu-se inicio tão logo a equipe do SI foi informada do fato para descobrir a motivação e autoria. 



LÍDER DO TRAFICO PRESO EM ITINGA CORTAVA A GARGANTA DAS VÍTIMAS

Por Clóvis Gonçalves

O acusado de liderar a facção criminosa que atua na localidade CEPEL, Alan Rodrigues dos Santos Caetano, 22 anos de idade, conhecido como “Sete”, foi preso na última quinta (23 de de março) por guarnições da Rondesp RMS. O flagrante ocorreu na rodovia estadual BA-526, próximo a ladeira do Capelão, em Itinga, Lauro de Freitas Região Metropolitana de Salvador. “Sete” estava aguardando os comparsas, que chegaram minutos depois em um veículo Corsa branco dados não anotados.
O condutor, era Gerson Oliveira da Silva, 39 anos, e o carona, o menor de iniciais R.S. dos S., 17 anos, carregavam uma mochila contendo drogas. A diligência contabilizou ainda as apreensões de uma pistola Taurus, calibre  ponto 40 da Secretaria de Segurança Pública do estado de Sergipe (SSP-SE), um carregador com 3 munições, uma barra de 1,1 Kg de maconha, dois tabletes de maconha, 147 pedras de crack, um tablete de 900 gramas de crack, uma pedra média de crack, 63 pinos de cocaína, 500 tubos vazios para acondicionar cocaína, 3 facas tipo peixeira, balanças de precisão, celulares e R$ 930,00.
De acordo com a fonte do Informe Baiano, a suspeita é que “Sete” matou mais de 20 pessoas na Região Metropolitana e costumava cortar a garganta de suas vítimas em Simões Filho e Lauro de Freitas são algumas cidades em que ele atuava. Os dois maiores de idade foram apresentados no DHPP enquanto o menor apresentado no Plantão Metropolitano.(IB)

EM AMÉLIA RODRIGUES HOMEM FOI ASSASSINADO COM UM TIRO DE CALIBRE 12 NA CABEÇA

Por Clóvis Gonçalves
Adriano quando foi preso por porte ilegal de arma
Adriano Pereira Oliveira de 35 anos, conhecido pelo apelido de “Cowboy”, foi brutalmente assassinado na tarde deste sábado (25 de março), por volta das 12h30min, na localidade da Quatro Estradas, zona rural do município de Amélia Rodrigues a 89 quilômetros de Salvador localizada na Região Metropolitana de Feira de Santana. 
O crime aconteceu na Fazenda Estância, onde possui animais, maquinário, mas nada foi levado pelos criminosos. De acordo com informações de populares, nem mesmo a moto da vítima foi levada.Cowboy já havia sido preso pela Polícia Militar em posse de um revólver calibre .32 com três munições intactas no dia 14 de novembro de 2016.
Segundo informações, a vítima trabalhava como caseiro em uma Fazenda e encontrava-se em sua residência quando foi localizado e executado por homens desconhecidos com um tiro de espingarda calibre 12 na cabeça.

MOTIVO DO CRIME
Conhecidos da vítima relataram ao Berimbau Notícias que “Cowboy”, sabia que os autores eram os responsáveis por vários furtos na Fazenda, onde ele trabalhava e os ameaçou que se não devolvessem os objetos roubados iria denunciá-los a polícia. Os autores ao ouvirem isso disseram que voltariam para matá-lo.
Com este crime, Amélia Rodrigues registra o 4º homicídio este ano. O delegado Idelfonso informou que as Polícias Civil e Militar sob o comando do Tenente Rodrigo Monteiro estão trabalhando em parceria para tentar prender os autores deste crime.

sábado, 25 de março de 2017

AOS 81 ANOS, IDOSO CONCLUIU 3º CURSO SUPERIOR NA BAHIA

Por Clóvis Gonçalves
Aos 81 anos e com muita disposição, Valter Ferreira concluiu a terceira graduação no ensino superior, que foi iniciado após a aposentadoria. O idoso, que já era formado em duas graduações, Turismo e Metodologia de Ensino, se formou também em Direito. A cerimônia de formatura foi realizada na noite da sexta-feira (24 de março), em Salvador. Valter Ferreira trabalhou como servidor público até os 52 anos. Depois de aposentado, ele resolveu se dedicar aos estudos e, ao longo de 29 anos, alcançou as três formações. Segundo ele, estudar sempre foi um hobby.
"Eu sempre gostei de estudar. Um hobby que eu tenho é estudar. E gosto mesmo. Faço com que todo o pessoal da minha família estude. Eu estudava em uma base de 4h a 5h. Ás vezes, eu chegava da faculdade às 22h, 22h30. Eu não ia dormir, ia estudar, até umas 2h da manhã", contou o aposentado. Durante a formatura em Direito, filhas e netas do idoso se emocionaram mais uma vez com a força de vontade dele. Uma das filhas o acompanhou até o palco para a entrega do canudo. As netas falaram sobre como é tê-lo como exemplo de vida.
"Que homem poderoso. Ninguém diz que ele tem 81 anos", disse Bárbara Almeida, uma das netas presentes na cerimônia.

"Ele é uma referência para a gente. Ele é o nosso mestre em tudo. É a pessoa que direciona a nossa vida", completou Alice Almeida, também neta do idoso.
O incentivo para que os familiares também estudem foi confirmado por Luzia Cruz, filha do idoso. Ela contou que graças ao exemplo do pai, ela e todas as irmãs possuem formação superior. "Todas nós, eu e minhas irmãs, somos formadas e seguimos o exemplo dele. Ele já disse que não vai parar", contou.
Na cerimônia, colegas de turma também falaram bem da experiência de convívio com o aposentado na faculdade e citaram as dificuldades enfrentadas por ele. "Ele, de uma forma muito carismática, conseguiu formar, com todas as dificuldades, de aulas aos sábados, de idas ao Fórum, ao juizado", explicou Moisés Ferreira.

Marília Carvalho, também neta do aposentado e advogada, contou sobre os dias de estudo com o avô. "Eu pego uns casos e ele discute comigo. Estuda até de madrugada. Me traz livros para poder discutir as teses. Então, ele ama o que ele faz. Ele vai ser muito feliz e muito atuante na profissão", disse Marília Carvalho, neta.


Mesmo com o final do terceiro curso superior, Valter Ferreira ainda tem planos para o futuro acadêmico. Ele contou que pretende passar no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), para poder atuar na profissão, e que tem vontade de fazer um curso de especialização na área.

"Meus planos são de primeiro tentar fazer o exame da OAB, para passar, e também fazer um curso de especialização em direito do trabalho. Eu vivo para ajudar a quem precisa. Por isso eu estou aqui", revelou. (Fonte: G1)