sexta-feira, 22 de junho de 2018

MÃE DE MENINO QUE FICOU PARAPLÉGICO APÓS SER ATINGIDO POR PM SE PRONUNCIA

Por Clóvis Gonçalves
A mãe do garoto A. O. P., de 16 anos, se pronunciou após o filho ter ficado paraplégico ao ser atingido por um policial militar, no bairro de Pernambués, em Salvador. O jovem foi atingido quando participava de uma “guerra” de fogos de artifício na localidade conhecida como Baixa do Manu. A denúncia foi feita nesta quinta-feira (21/6), pela advogada da família, e dá conta de que os agentes já chegaram na rua atirando. Os policiais, no entanto, negam essa versão.
A mulher, que não quis se identificar, contou à repórter Daniela Mazzei, do Aratu Notícias, sua versão do ocorrido. A polícia perguntou o que ele tava fazendo ali, se ele estava sendo assaltado e ele, com medo, disse que sim. Nessa hora, o policial ainda disse assim ‘ô, tá vivo, é? Vamos levar para o Nina'”
A preocupação da mulher agora é como será daqui pra frente. “Não sei como vai ser, porque vou ter que comprar remédio, fraudas, cama adaptada e cadeira de rodas para ele”, contou a mulher que é a única responsável pelo sustento dos  meus outros quatro filhos. (Aratuoline)

quinta-feira, 21 de junho de 2018

MULHER MATA AMANTE, FAZ HAMBÚRGUERES COM RESTOS MORTAIS E SERVE EM CHURRASCO PARA VIZINHANÇA


Por Clóvis Gonçalves
A polícia dos Estados Unidos divulgou um documento com uma nova versão de um crime ocorrido em 2014. Segundo o relatório, Kelly Cochran, 34, além de ter assassinado e esquartejado um amante, também serviu o corpo em um churrasco para os vizinhos.

A americana confessou à promotoria que atraiu Christopher Regan para casa, atirou nele, desmembrou o corpo da vítima e jogou seus restos mortais em uma floresta. Mas segundo a polícia local, Kelly teria feito hambúrguer com os restos mortais de Christopher e serviu aos vizinhos.

Em conversa com os investigadores, o irmão de Kelly afirmou que nunca desconfiou dos crimes da irmã e que não esteve na festa onde os hambúrgueres foram servidos: “Um amigo disse que comeu muitos hambúrgueres, e que estavam ruins, com um gosto estranho. Até então todos pensavam se tratar de carne estragada, e não de carne humana”, contou. A imprensa americana trata Kelly como uma serial killer, já que ela seria a autora confessa de nove assassinatos. (BN)


CRIANÇA DE 1 ANO MORRE ATROPELADA POR CAMINHÃO EM POSTO DE COMBUSTÍVEL EM FEIRA DE SANTANA

Por Clóvis Gonçalves 

Uma criança de um ano e três meses morreu atropelada por um caminhão por volta das 10h da manhã desta quinta-feira (21 de junho). O acidente aconteceu em um posto de combustíveis na rodovia federal a BR-324, no bairro Limoeiro, em Feira de Santana. Laura Santos Miranda foi atropelada pelo caminhão, de placa PKZ 1996, licença de Glória -BA.

A mãe da criança, Munique Silva Santos, 21 anos de idade, é moradora no Conjunto Viveiros e estava no restaurante da sogra, localizado no posto. Ela contou que uma amiga pegou a menina para brincar. Em um momento de distração, a menina foi para o pátio do posto de combustível e o acidente aconteceu. 
“Ela estava num cercado na cozinha, onde ela não conseguia sair sem a ajuda de um adulto. A moça de uma loja do lado pegou ela pra brincar, isso sempre acontecia. Elas estavam na frente do restaurante e a moça da loja disse que o telefone dela tocou, ela atendeu e quando virou não viu mais meu bebê. Quando o rapaz entrou pra dar a notícia que eu fui ver minha filha, ela estava com o rosto desfigurado. Eu chamei e ela não levantou. Cantei um louvor que ela gosta, mas ela não levantou”, relatou a mãe desesperada. Apesar do momento de desespero, Munique Silva Santos reconheceu que o motorista do caminhão não teve culpa.

“O motorista não percebeu que ela estava atrás do caminhão, ela é bem pequena. Quando ele viu o que tinha acontecido, desceu do caminhão, se ajoelhou, pediu perdão a Deus e a mim também. Eu o perdoei, pois sei que ele não teve culpa”, afirmou. Laura Santos Miranda era filha única.(Berimbau Notícias)

ENTRE RIOS-BA: HOMEM FOI MORTO A TIROS APÓS TER A CASA INVADIDA POR DESCONHECIDO


Por Clóvis Gonçalves
Um homem identificado como José Fernando Leite da Conceição, de 20 anos, foi morto a tiros produzidos por arma de fogo dentro de casa na madrugada desta quinta-feira 21 de junho, no município de Entre Rios  no estado da Bahia. Segundo informações da polícia, o crime aconteceu por volta das 02h20min na Rua do Retiro, bairro Palame. De acordo ainda com a polícia, a esposa da vítima , ele que não teve o nome divulgado, contou que dois homens armados  e não identificados invadiram a residência e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra José. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, esteve no local e constatou o óbito. A autoria e a motivação do crime ainda estão sendo investigadas pela Delegacia Territorial de Entre Rios.(Alta Pressaõ Oline)


LAVA JATO PRENDE EX-DIRETOR DE SUBSIDIÁRIA DA PETROBRAS LIGADO A DEPUTADO DO PP

Por Clóvis Gonçalves

A 52ª fase da Lava Jato, denominada Greenwich, prendeu na manhã desta quinta-feira (21) o ex-diretor da Petroquisa, subsidiária da Petrobras, Djalma Rodrigues de Souza. Seu filho, Douglas de Souza, deve se entregar nesta tarde. A prisão de Djalma é preventiva, enquanto a de Douglas é temporária (cinco dias), para evitar possível ocultação e destruição de documentos.
Djalma e familiares, segundo o Ministério Público Federal, cometeram crimes de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo a Petroquisa. De acordo com a acusação, foi utilizada conta na Suíça para receber R$ 17,7 milhões da Odebrecht entre dezembro de 2010 e março de 2014. A conta seria controlada pelo filho do ex-diretor. Em troca dos repasses, a empreiteira teria sido favorecida na obtenção de dois contratos, com o estabelecimento de parâmetros que só poderiam ser atendidos por empresas da Odebrecht. Os contratos mirados foram firmados com a Petroquímica Suape e com a Companhia Integrada Têxtil de Pernambuco.
Também foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro (RJ), no Recife (PE) e em Timbaúba (PE), em endereços de empresas ligadas à família de Djalma. Chamaram a atenção das autoridades as movimentações financeiras e os rendimentos declarados por Djalma Rodrigues perante a Receita Federal, incompatíveis, segundo a acusação, com seus recebimentos regulares da Petrobras.
Ao longo das investigações, também foram encontrados indícios de que o ex-diretor teria interferido, enquanto gerente, em favor de empresas administradas por seus familiares, com o objetivo de que fossem beneficiadas com contratos públicos. Djalma Souza é ligado ao deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE), que o indicou para o cargo.  
Ambos tornaram-se réus na Lava Jato em maio deste ano após denúncia da Procuradoria-Geral da República ter sido acatada pela segunda turma do STF (Supremo Tribunal Federal). Eles são suspeitos dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Segundo a Procuradoria, o deputado teria recebido R$ 300 mil em propinas do empresário Ricardo Pessoa, dono da construtora UTC Engenharia, para a campanha de deputado federal em 2010. 
Em contrapartida, o deputado e o ex-excutivo da Petrobras teriam prometido beneficiar a empresa e contratos com a estatal. Eduardo da Fonte diz que só recebeu doações legais e nega irregularidades. Djalma também é citado nas planilhas do Departamento de Operações Estruturadas da Odebrecht, setor que operava os repasses de propinas para políticos, no qual é denominado com o codinome "jabuti". (BocãoNews)

ACIDENTE ENVOLVENDO CAMINHONETE S-10 PLACA DE SERROLÂNDIA E CAMINHÃO É REGISTRADO NO MARANHÃO

Por Clóvis Gonçalves

Acidente envolvendo S10 com placa de Serrolândia é registrado no Maranhão
Um grave acidente entre Balsa-Ma e São Raimundo das Mangabeiras-Ma envolvendo uma caminhonete Chevrolet modelo S-10 com placas da cidade de Serrolândia no estado da Bahia se envolveu em um acidente. A colisão envolvendo um caminhão baú e uma caminhonete com placa de Serrolândia-BA deixou ao menos duas pessoas mortas na manhã desta quarta-feira (20 de junho). O acidente aconteceu na rodovia federal a BR-230, entre Balsas e São Raimundo das Mangabeiras.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhão tombou e acabou esmagando a caminhonete. As duas pessoas que estavam presas nas ferragens acabaram falecendo. O motorista do caminhão, que não quis ser identificado, relatou que a caminhonete fez uma ultrapassagem de maneira arriscada e que acabou tombando o caminhão por cima do veículo quando tentou desviar. Quase seis horas após o acidente o Corpo de Bombeiros não havia conseguido fazer o resgate das vítimas. A estratégia foi esvaziar o caminhão para facilitar o trabalho e identificar as vítimas. A PRF teve ainda que fazer plantão no local para evitar que a carga de carne congelada que estava no caminhão fosse saqueada. (Portal Serrolândia)